Mestrado em Enfermagem de Reabilitação

Vagas abertas para 2018/2019

Apresentação do curso

O Curso possibilitará o desenvolvimento do conhecimento na área específica de enfermagem de reabilitação, visando a qualificação do mestrando para uma actuação profissional, com aplicabilidade concreta e específica, que aprofunde e desenvolva o conhecimento existente naquele campo. Face ao exposto, este ciclo de estudo terá como finalidade central:

Promover o desenvolvimento pessoal e profissional na área do conhecimento em enfermagem de reabilitação, numa perspectiva de aprendizagem ao longo da vida, através da auto formação e reflexividade sobre a prática.
Em suma, no final do curso de mestrado os participantes deverão dispor de conhecimentos e aptidões que os habilitem a contribuir para a melhoria da saúde no plano científico, profissional e da cidadania, devendo ser capazes:
Identificar necessidades em cuidados de enfermagem de reabilitação;
Colaborar na concepção, planeamento, execução e avaliação de programas de cuidados no âmbito da prevenção, tratamento e reinserção sócio-profissional dos indivíduos com deficiência, incapacidade ou desvantagem;
Analisar, em equipa multidisciplinar, problemas de saúde que impliquem a implementação de cuidados específicos de reabilitação;
Implementar resultados da investigação, no planeamento, execução e avaliação de cuidados de enfermagem de reabilitação dirigidos ao indivíduo, à família e à comunidade;
Assumir a responsabilidade pela gestão de cuidados de enfermagem gerais e especializados, numa perspectiva integrada de unidades de saúde;
Participar na formação de enfermeiros a nível graduado e pós-graduado;
Emitir paraceres técnico-científicos no âmbito da enfermagem de reabilitação;
Desenvolver metodologias investigativas em enfermagem de reabilitação;
Desenvolver espírito crítico e reflexivo sobre dilemas éticos que se coloquem no cuidado de enfermagem de reabilitação;
Reunir, analisar e apresentar com rigor o estado actual do conhecimento sobre as principais questões da reabilitação e/ou as suas vertentes.
Reflectir e avaliar crítica e continuamente a respectiva prática profissional.

Objetivos

Neste sentido, consideramos os seguintes objectivos:
Avaliar criticamente teorias, modelos, literatura e dados relevantes para a prática de Enfermagem;
Criticar os resultados da prática baseada na evidência, relevantes para a intervenção em enfermagem a um grupo específico de clientes;
Desenvolver competências na área da enfermagem de reabilitação, relevante para a qualidade dos cuidados de enfermagem.

Plano de Estudos

1.º ANO

Unidade CurricularÁrea CientíficaOrganização do Ano CurricularHoras de trabalhoCréditos
TotalContacto
TTPPLTCSEOTO
Enfermagem Avançada7231.º Semestre17550257
Gestão em Enfermagem7231.º Semestre7520103
Promoção da Saúde7201.º Semestre7520103
Investigação em Enfermagem7231.º Semestre10015304
Comunicação Pessoal e Interpessoal3191.º Semestre7520103
Fundamentos de Enfermagem Médico-Cirúrgica7231.º Semestre50202
Feridas7231.º Semestre20030408
Emergência Médico-Cirúrgica7232.º Semestre150606
Trauma7232.º Semestre75303
Intensivismo em Enfermagem7232.º Semestre7520103
Intervenção em Catástrofe7202.º Semestre50152
Práticas de Enfermagem Avançada7232.º Semestre20030458
Enfermagem em Cuidados Paliativos7232.º Semestre50152
2.º Semestre75153
2.º Semestre75723

2.º ANO

Unidade Curricular opcional n.ºUnidade CurricularÁrea CientíficaOrganização do Ano CurricularHoras de trabalhoCréditos
TotalContacto
TTPPLTCSEOTO
Opção 1Dissertação723Anual150018060
Opção 2Trabalho Projeto723Anual150018060
Opção 3Estágio com Relatório Final: Enfermagem de Saúde Materna Obstetrícia e Ginecologia723Anual15008647060

Condições de acesso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos (nos termos do art.º 17.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de março, republicado pelo Decreto-Lei n.º 63/2016, de 13 de setembro):
a) Titulares do grau de licenciado em enfermagem ou equivalente legal;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos em enfermagem, organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente da instituição de ensino superior onde pretendem ser admitidos;
d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Saúde de Viseu.

Mais informações

Plano de estudos:
Declaração de retificação nº 20/2010

MER
Código curso
2047
Publicidade
Panfleto
Cartaz
Idioma
Português
Duração
4 semestres
Regime
Tempo inteiro
Vagas
I. ………
ECTS
90
Coordenador de curso
PhD Rosa Martins
Taxa de candidatura
………..
Taxa de matrícula
………….
Propinas
Aluno normal 1.060,00€
Estudante internacional 1.600,00€
Acreditação
Estado: Acreditado
Nº de anos de acreditação: 1
Data da publicação: 13-12-2011
Acreditação A3ES
Registo DGES
Estado: Acreditado
Nº registo: R/A -Ef 721/2011/AL01
Data do registo: 31-10-2017