Curso de Enfermagem

Objetivos

O Curso de Licenciatura em Enfermagem visa assegurar a formação científica, técnica, humana e cultural para a prestação e gestão de cuidados de enfermagem gerais à pessoa ao longo do ciclo vital, à família, grupos e comunidade.
O Curso tem por objetivos assegurar a formação necessária à:
Participação na gestão dos serviços, unidades ou estabelecimentos de saúde;
Participação na formação de enfermeiros e outros profissionais de saúde;
Participação e desenvolvimento da investigação no âmbito das suas competências.
A organização do Curso obedece ao estipulado no Regulamento em vigor, o qual estabelece os princípios reguladores da aplicação do sistema europeu de transferência de créditos (ECTS — European Credit Transfer System) à formação ministrada pelo Instituto Politécnico de Viseu (IPV).

Organização

O curso tem a duração de quatro anos letivos.
Cada ano letivo tem uma duração média de 36 semanas de efetiva lecionação, não incluindo a época de exames e férias.
O curso é constituído por uma componente de ensino teórico, teórico/prático e uma componente de ensino clínico (estágio). O curso está organizado em semestres, cada um dos quais contendo 18 semanas de atividades escolares.
A carga horária global do curso é de 6681 horas, correspondendo a 240 ECTS.
O total das horas de contacto é de 4.406. Destas horas, 49% são Teóricas (T) e Teórico-práticas (TP) (2.166 horas) e 51% são de Ensino Clínico (2.240 horas). As horas totais de trabalho do estudante correspondem a 2.275 horas.

Plano de Estudos

1.º ANO

Unidade CurricularÁrea CientíficaAno CurricularDocentesHoras de trabalhoCréditos
TotalContacto
TTPPLTCSEOTO
Epistemologia e Fundamentos de Enfermagem723SemestralAmadeu Gonçalves
Emília Coutinho
Ernestina Silva*
Rui Dionísio
2701156010
Anatomia e Fisiologia I720SemestralDaniel Silva
Rosa Martins*
13545305
Socioantropologia da Saúde e da Família312SemestralIsabel Bica*
Paula Nelas
81553
Bioquímica e Microbiologia421SemestralJosé Costa*
Sandra Santos
81453
Patologia720SemestralJosé Costa*8140103
Psicologia do Desenvolvimento e da Saúde311SemestralSofia Campos**81553
Pedagogia em Saúde142SemestralLidia Cabral*8130153
Fundamentos e Procedimentos em Enfermagem723Semestral3241458012
Anatomia e Fisiologia II720Semestral13545305
Epidemiologia720Semestral8125253
Farmacologia727Semestral
10845154
Bioética e Deontologia em Enfermagem723Semestral8140203
Opção 1 – Inglês Técnico em Saúde222Semestral81303
Opção 2 – Enfermagem Transcultural e Mediação Intercultural723Semestral81303

* Titular da Unidade Curricular
** O Coordenador assume a titularidade da Unidade curricular

2.º ANO

Unidade CurricularÁrea CientíficaAno CurricularDocentesHoras de trabalhoCréditos
TotalContacto
TTPPLTCSEOTO
Enfermagem Médica723SemestralAntónio Madureira*
Borges Martins
Carlos Albuquerque
Hugo Santos
Mauro Coelho
243110559
Enfermagem de Reabilitação723SemestralCarlos Albuquerque*8110253
Gestão e Administração em Saúde345SemestralOlivério Ribeiro*8130103
Enfermagem Cirúrgica723SemestralEduardo Santos
Horta Oliveira
Joaquim Nelas
Maria Alice Silva
Mauro Mota
Olivério Ribeiro*
Vitor Marques
16290206
Metodologias de Investigação720SemestralMadalena Cunha*40203
Estatística462SemestralJoão Duarte*8140203
Opção 3 – Inglês Técnico em Saúde II222Semestral81303
Opção 4 – Francês Técnico em Saúde222Semestral81303
Opção 5 – Enfermagem em Cuidados Paliativos723SemestralOlivério Ribeiro*
Renato Santos
81303
Ensino Clínico Enfermagem Médica723Semestral40531515
Ensino Clínico Enfermagem Cirúrgica723Semestral40531515

* Titular da Unidade Curricular

3.º ANO

Unidade CurricularÁrea CientíficaAno CurricularDocentesHoras de trabalhoCréditos
TotalContacto
TTPPLTCSEOTO
Enfermagem de Saúde Materna, Obstetrícia e Ginecológica723SemestralManuela Ferreira*
Paula Nelas
13590205
Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica723SemestralConceição Salgado
Isabel Bica
Graça Aparício*
13590255
Ensino Clínico Enfermagem Obstétrica e Ginecológica723SemestralPaula Nelas*27017510
Ensino Clínico Enfermagem Pediátrica723SemestralErnestina Silva*
Isabel Bica
Graça Aparício
27017510
Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica723SemestralAmadeu Gonçalves
Artur Pinhão
Carla Cruz*
135100155
Enfermagem de Saúde Familiar e Comunitária723SemestralAna Andrade
Isabel Bica*
13590205
Ensino Clínico Saúde Mental e Psiquiatria723SemestralAmadeu Gonçalves*
Carla Cruz
27017510
Ensino Clínico Enfermagem Saúde Familiar e Comunitária723SemestralAna Andrade*27017510

* Titular da Unidade Curricular

4.º ANO

Unidade CurricularÁrea CientíficaAno CurricularDocentes*Horas de trabalhoCréditos
TotalContacto
TTPPLTCSEOTO
Enfermagem de Saúde Pública e Comunitária723Anual10860104
Saúde da Pessoa Idosa720Anual8140103
Enfermagem em Pessoa em Situação Crítica723Anual10850204
Monografia723Anual108504
Ensino Clínico Enfermagem de Saúde Pública e Comunitária723Anual40536015
Ensino Clínico de Enfermagem à Pessoa Idosa723Anual40536015
Ensino Clínico de Integração à Vida Profissional em Cuidados Diferenciados723Anual40536015

*

Competências dos Diplomados em Enfermagem

O perfil de competências do licenciado em enfermagem da ESSV considera como referenciais, entre outros, as Escolas de Pensamento em Enfermagem, os Descritores de Dublin, a Diretiva 2013/55/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de novembro de 2013 e o Regulamento da Ordem dos Enfermeiros, no pressuposto de um exercício profissional independente do diplomado:
Demonstra conhecimento atual e relevante das teorias, procedimentos e técnicas de enfermagem de forma fundamentada, suportando os cuidados de enfermagem em resultados de investigação/evidências e graus de recomendação.
Demonstra conhecimento atual e relevante de teorias relacionadas com o desenvolvimento pessoal e profissional de resolução de problemas, tomada de decisão e resolução de conflitos, do social, da saúde e ciências do comportamento, de tecnologias de informação, políticas nacionais e internacionais, que podem ser aplicadas de forma adequada na prática de enfermagem.
Recolhe e analisa criticamente dados relevantes, diagnostica e prioriza problemas, define objectivos, prescreve e implementa um plano de cuidados fundamentado em parceria efetiva com o cliente/cuidador. Cria momentos de avaliação e actualização, visando a qualidade dos cuidados.
Mobiliza conhecimentos técnico-científicos e experiências clínicas significativas e seguras no estabelecimento de diagnósticos, planos de ação atendendo às políticas de saúde e sociais, bem como os recursos disponíveis no contexto em que está inserido.
Colabora eficazmente com outros agentes do setor da saúde, nomeadamente na formação de pessoal de saúde, com base num corpo próprio de conhecimentos e aptidões.
Demonstra a capacidade de educar, facilitar, promover, apoiar e incentivar a saúde, bem-estar e conforto de populações, comunidades, grupos, famílias e indivíduos, no contexto do seu projeto de saúde.
Enceta medidas imediatas de primeiros socorros e procedimentos de emergência na preservação da vida e atua em situações de crise e catástrofe.
Demonstra a capacidade de responder às necessidades da pessoa ao longo do ciclo vital, em situações de saúde/doença, e em contextos específicos, usando habilidades de enfermagem e dispositivos médicos na administração segura de fármacos e outras terapias, salvaguardando medidas de prevenção e controle de infecção.
Desenvolve uma prática segura, responsável e fundamentada, consciente das competências, responsabilidades e funções do enfermeiro.
Estabelece comunicação/relação terapêutica culturalmente sensível, com o cliente e/oucuidadores.
Coopera com outros profissionais de saúde, assegurando o respeito pelos determinantes da comunicação eficaz.
Assume o papel de interlocutor privilegiado da equipa pluriprofissional, estando o cliente no centro dos cuidados.
Demonstra a capacidade de praticar dentro do contexto de códigos profissionais, éticos, legais e regulamentares, reconhecendo e respondendo aos dilemas morais éticos e questões na prática diária.
Demonstra a capacidade de praticar de uma forma holística, tolerante, não julgadora, carinhoso e sensível, garantindo que os direitos, crenças e desejos dos diferentes indivíduos e grupos não sejam comprometidos.
Demonstra a capacidade de reconhecer e interpretar indicadores de saúde.
Demonstra a capacidade de utilizar dispositivos médicos e novas tecnologias de informação para avaliar e responder adequadamente à satisfação das necessidades da pessoa/cuidador.
Demonstra a capacidade de permitir que clientes e cuidadores expressem preocupações e inquietações, de identificar e gerir comportamentos desafiadores, de reconhecer estados de ansiedade, stress e depressão, dar apoio emocional e identificar quando o aconselhamento especializado ou outras intervenções necessárias (utilizando técnicas de comunicação para promover o bem estar).
Focaliza a sua intervenção na complexa interdependência pessoa/ambiente, utilizando estratégias de garantia da qualidade e de gestão do risco.
Demonstra a capacidade de perceber que cliente / cliente bem-estar é alcançado através dos recursos e ações de todos os membros da equipe / assistência social de saúde combinadas.
Demonstra a capacidade de avaliar o risco e promover activamente o bem-estar e a segurança de todas as pessoas no ambiente de trabalho (incluindo eles mesmos).
Demonstra a capacidade de usar criticamente ferramentas para avaliar e cuidados de auditoria de acordo com os padrões de qualidade relevantes.
Avalia a necessidade e o tipo de cuidados a prestar ao cliente, a priorização dos mesmos, assume a delegação de atividades e a respetiva supervisão a pessoal funcionalmente dependente de si, mantendo total responsabilidade pelos cuidados prestados.
Assume o papel imprescindível nos cuidados de saúde aos cidadãos, criando e dando visibilidade ao seu espaço no trabalho pluriprofissional, assumindo a liderança dos processos sempre que for o profissional melhor colocado para tal.
Participa em programas de melhoria da qualidade, atuando simultaneamente como promotor e executor dos processos, mobilizando e divulgando continuamente novos conhecimentos sobre boas práticas.
Demonstra conhecimento atual e relevante do processo de investigação e pesquisa em enfermagem de suporte à prestação e gestão de cuidados.
Adota uma atitude reflexiva sobre as suas práticas, identificando áreas de maior necessidade de formação, procurando manter-se na vanguarda da qualidade dos cuidados num aperfeiçoamento contínuo das suas práticas.

Saídas profissionais

O Diplomado em Enfermagem, grau licenciado, pela ESSV, detém um perfil de competências assente nos referenciais das Escolas de Pensamento em Enfermagem, Descritores de Dublin, Diretiva 2013/55/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de novembro de 2013 e Regulamento da Ordem dos Enfermeiros, que o habilitam para o exercício profissional independente, nos seguintes domínios de intervenção: clínica, gestão, docência, consultadoria, investigação.

Unidades prestadoras de cuidados de saúde públicas ou privadas vocacionadas para os diferentes níveis de prevenção/intervenção e orientadas para o indivíduo, famílias e comunidade.

Unidades de cuidados de saúde primários, de continuidade, de reabilitação e de reinserção social:
Unidades de cuidados de saúde personalizados
Unidades de saúde familiar
Unidades de cuidados na Comunidade
Unidades de cuidados continuados integrados
Unidades de cuidados paliativos
Unidades de cuidados continuados integrados de saúde mental
Centros de reabilitação
Autarquias Locais
Estabelecimentos Prisionais

Organismos/Unidades de cuidados pré-hospitalares e de saúde diferenciados:
Centros Hospitalares
Hospitais
Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM)
Clínicas e Laboratórios

Instituições particulares de solidariedade social:
Creches
Infantários
Centros de dia
Estruturas Residenciais para Idosos
Empresas

Instituições de ensino e investigação:
Escolas
Institutos

Instituições desportivas e recreativas

Unidades Promotoras de Saúde, Bem-Estar e Lazer:
Instituições termais
Companhias Aéreas
Companhias Marítimas

Empreendedorismo / Exercício Profissional Liberal

Organizações Não-Governamentais

Gestão de serviços de saúde

Pré-requisitos

Os pré-requisitos exigidos para acesso aos cursos constantes do Grupo A visam comprovar a capacidade de comunicação interpessoal dos candidatos, adequada às exigências do curso. O pré-requisito é de seleção, sendo o respetivo resultado expresso em Apto ou Não Apto, não influindo no cálculo da nota de candidatura ao ensino superior.

Impresso comprovativo da satisfação do pré-requisito do Grupo A, a apresentar no ato da matrícula: Regulamento (Impresso)

Pré-Requisitos:
Deliberação n.º 266-A/2019, de 12 de março
Declaração de Retificação n.º 301-A/2019

Mais informações

Plano de estudos:
Despacho n.º 11325/2017

Guia das Provas:
Guia das Provas de Ingresso de 2019, 2020, 2021 – Detalhe de Curso

Legislação:
Legislação – Ensino Superior

Empregabilidade:
Informação estatística: InfoCursos ou DGEEC

CE
Código curso
9500
Publicidade
Panfleto
Idioma
Português
Duração
8 semestres
Regime
Tempo inteiro
ECTS
240
Diretor de Departamento
PhD Ernestina Silva
email
Propinas
Aluno normal: 870,00€
Estudante internacional: 1.500,00€
Acreditação
Estado: Acreditado
N.º do Processo: ACEF/1516/19162
Nº de anos de acreditação: 6
Data da publicação: 18-07-2017
Acreditação A3ES
Relatório de autoavaliação
Relatório de avaliação externa
Registo DGES
Estado: Acreditado
Nº registo: R/A -Ef 718/2011/AL01
Data do registo: 27-11-2017